Storytelling na agricultura familiar: por que contar histórias valoriza o seu negócio?

terça-feira, 7 de agosto de 2018. Postado por .

Você com certeza já escutou boas histórias desde criança. Contudo, nem todas iniciam com “era uma vez”. Elas surgem em situações cotidianas, como conversas casuais, ou podem ser utilizadas para falar sobre uma grande marca ou instituição, por exemplo. Dentro da comunicação, existem muitas formas de contar histórias e há uma ferramenta de construção de narrativa que valoriza marcas do setor rural e engaja o público: o storytelling.

Neste post, você vai entender o que é essa ferramenta poderosa de comunicação e como aplicá-la.

O que é storytelling e por que utilizar essa ferramenta?

O termo em inglês “storytelling” significa “contar uma história”. E sabemos muito bem que qualquer pessoa faz isso. No entanto, essa ideia compreende elementos-chave para que sua história seja emocionante e, principalmente, prenda a atenção. Estes são dois pontos importantíssimos para que o seu público seja cativado.

Os seres humanos se comunicam desde sempre e nossa habilidade de comunicação evoluiu conosco. Elaboramos pinturas, desenhos, sinais, sons… Bem, são inúmeras formas de contar uma história. Mas você já pensou para que servem histórias e por que nós nos comunicamos? Nós as contamos para explicar quem somos, o que aprendemos, de onde viemos, o que pretendemos. Em síntese, contamos histórias para nos conectarmos uns com os outros.

Uma narrativa autêntica contada de forma criativa pode emocionar, conectar seu público a você e fazer com que ele associe o seu produto à sua história. Em outro post do blog, falamos sobre um pouco sobre marketing humanizado e essa é uma peça-chave na construção da sua narrativa. A história do seu empreendimento ou marca, por exemplo, só existe porque você, sozinho ou juntamente com sua família ou seus sócios, fez ela acontecer. Ou seja, há humanidade – e isso deve ser contado com boas histórias.

Marketing humanizado e storytelling: como aproximar o público por meio das histórias da agricultura?

Se você tem uma empresa do setor rural, que atua especificamente relacionada à agricultura familiar, pode ter herdado o empreendimento dos seus pais ou pode ter lutado para conseguir iniciar o seu sonho sozinho. É muito provável que você tenha alguma motivação ou ligação emocional com o que produz e é isso que o seu consumidor deve saber, porque cria vínculos.

Isso tudo pode se comunicado por meio de redes sociais, folders, textos, fotos e vídeos, reforçando, assim, o seu posicionamento de marca.

Quando você trabalha com campo, trabalha com vida. Acompanha evoluções e crescimentos, tem humanidade e simplicidade envolvidas em cada processo produtivo. Sua empresa certamente não nasceu do nada e, com certeza, você carrega histórias riquíssimas que emocionam, falam sobre desafios, superações, crescimentos e aprendizados surgidos a partir dela.

Com esses elementos, é possível criar um elo e fazer com que seu público se conecte com você e dê importância ao que você faz. Essa aproximação com o público acompanha tendências de alimentação – sobre as quais já falamos neste post -, pois o consumidor quer saber o que consome, de onde vêm os produtos e, principalmente, quem os produziu.

Comunicar cada um desses processos potencializa sua lembrança de marca, reforça a humanidade do seu negócio e transmite confiança. Direta ou indiretamente, a agricultura familiar se relaciona com todas as pessoas, pelo que elas fazem no seu dia a dia, pelo que acreditam ou pelo que elas são.

Na Cultivo, somos jornalistas apaixonadas por histórias. Se você acredita no potencial da sua marca e quer reforçar ele através do storytelling, entre em contato conosco pelo e-mail contato@agenciacultivo.com.br ou pelas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Dia do Colono e do Motorista: por que eles são indispensáveis para o setor rural

25 de julho marca uma efeméride importante para o setor agro: o dia do colono e do motorista. Você sabe por que essas duas figuras são essenciais para o agronegócio? Nós te explicamos como eles fizeram e fazem a diferença.

4 situações em que a assessoria de comunicação é fundamental para o setor rural

A assessoria de comunicação é mais do que um serviço que garante que você apareça nas mídias e tenha redes sociais atualizadas. Ela potencializa sua marca em lançamentos de produtos, gerencia crises de imagem e cobre sua presença em eventos. Saiba mais neste post.

Projeto, empresa, agência de comunicação: o que a Cultivo é?

Algumas pessoas ainda acreditam que a Cultivo seja um projeto. Entretanto, nós preferimos denominá-la de agência de comunicação. Quer saber o porquê e entender mais sobre as dificuldades e os desafios de se estabelecer no meio da comunicação rural? Contamos tudo também para nós mesmas neste post!